Balneário de Iriri – bate volta a partir de Vitória, Espírito Santo

No começo deste ano iam meus pais e eu pisar pela primeira vez em terras capixabas. A viagem tinha um significado a mais pra mim: a primeira viagem de avião dos meus pais e o aniversário do meu pai, dois em um!

Praia de Areia Preta, em Iriri
Praia de Areia Preta, em Iriri

A primeira vez que coloquei o Espírito Santo no radar de viagens foi pelo relato da minha namorada, que foi e adorou. Pesquisando o estado a fundo, comecei a descobrir as praias de Guarapari e, um pouco mais ao sul, um local me chamou bastante a atenção: Balneário de Iriri, na cidade de Anchieta.

O Mala de Aventuras falou tão bem do lugar que eu me animei a colocá-lo no roteiro e não me arrependi nenhum pouco. Aqui compartilho algumas dicas, com um pouquinho do que há nesse belo lugar do Espírito Santo, não por acaso apelidado de Caribe Capixaba.

Como chegar

Balneário de Iriri

De Vitória ao Balneário de Iriri, em Anchieta, são pouco mais de 90 quilômetros ou 1h40′ de carro, seguindo pela Rodovia do Sol. Alugamos carro, o que nos deu independência para conhecer o belo litoral do estado com flexibilidade e tranquilidade. Os receptivos turísticos também costumam fazer um passeio de um dia para o Balneário de Iriri. Caso queira ir por conta, também há ônibus que fazem o trajeto partindo da Rodoviária de Vitória.

Fomos de manhã, saindo da Praia de Camburi, em Vitória. O dia estava ensolaradamente lindo, o que só ajudou. Chegando lá no centrinho da cidade (tome como base a Rua Dom Helvécio Gomes de Oliveira e arredores), as ruas possuem várias vagas demarcadas para estacionamento. A distância para as praias pode ser agradavelmente percorrida a pé.

Onde comer

Restaurante Maringá, no Balneário de Iriri
Restaurante Maringá

Almoçamos no Restaurante Maringá (Av. Dom Helvecio Gomes de Oliveira, 665), que serve um buffet self service por quilo. Tudo estava ótimo, desde o pirão de peixe até o ótimo suco de frutas vermelhas, que eu super recomendo! O preço: R$ 54,90 o quilo, meio salgado, mas uma boa opção se você estiver procurando comida comida. O suco de frutas vermelhas custa R$ 10. Um refri de 2 litros também sai a R$ 10. Não cobram taxa de serviço. Preços em 2019.

O que fazer: as praias

Vamos às estrelas do Balneário de Iriri: as praias! São três delas: Praia dos Namorados, Praia da Costa Azul e Praia da Areia Preta. Ficam a uma distância confortável uma da outra, o que permite conhecê-las a pé.

Praia dos Namorados

É a mais rústica. Quando perguntei a um funcionário do restaurante qual era a praia preferida dele por ali, ele disse: “Praia é algo muito relativo e pessoal. A minha preferida é a Praia dos Namorados.”

Praia dos Namorados, no Balneário de Iriri
Praia dos Namorados

A praia é um pouco mais tranquila, não possui muitos quiosques. O trecho que pegamos dela era bem reservadinho, sendo a mais vazia. Estava ventando bastante na hora em que fomos visitá-la.

Balneário de Iriri, em Anchieta, Espírito santo

Em relação às outras duas é a que fica um pouquinho mais afastada, mas é pouca coisa: você vai a pé de centrinho numa boa.

Praia da Costa Azul

Praia da Costa Azul, no Balneário de Iriri
Praia da Costa Azul

Dentre as três, era aquela com maior densidade populacional, leia-se “a mais cheia”. 😛 Possui quiosques bacanas e, por ser a mais cheia é, talvez, a mais animada. Não foi a nossa preferida, entretanto. A nossa preferida foi a próxima.

Praia da Areia Preta

Praia de Areia Preta, no Balneário de Iriri, em Anchieta, Espírito Santo
Praia da Areia Preta

Bem, praia é super pessoal, certo? Das três, a Praia da Areia Preta foi aquela que nos conquistou. Chega-se a ela quase como uma continuação da Praia da Costa Azul, mas fizemos a volta pela cidade. A água é meio brava, ficando mais ou menos agitada dependendo do horário.

Uma faixa da praia é mais densamente povoada. Se você quer um pouco mais de tranquilidade, basta ir para o final da praia. Os tons da água são simplesmente lindos e a vibe da praia tornou essa, para nós, uma das praias mais legais e fotogênicas que conhecemos.

Faixa mais tranquila da praia de areia preta, no balneário de iriri, anchieta, espírito santo
Faixa mais tranquila da praia

As pedras ao final formam uma bela composição para fazer fotos. Dá pra subir nelas com segurança e fazer belas fotos com a praia ao fundo.

Balneário de Iriri, em Anchieta, Espírito santo

Depois de aproveitar bastante as praias, voltamos no finalzinho da tarde para Vitória. O bate volta foi plenamente factível, bastando ter em mente que são pouco mais de 3 horas de estrada para ir e voltar.

Estando de ônibus a viagem alonga um pouco mais. Daí vale avaliar e considerar o pernoite. Caso pense em pernoitar, uma sugestão é combinar com Guarapari, pouco mais de 30 km ao norte do Balneário de Iriri: dá uma dobradinha perfeita pra conhecer algumas das mais belas praias do litoral capixaba.

Por fim, recomendo a leitura do super post do blog Mala de Aventuras neste link. As meninas conhecem muito bem o Balneário de Iriri e há dicas super bacanas lá, incluindo hospedagem e onde comer e beber. 😉

Sou servidor público, paulistano e fã de Beatles. Viajar me dá motivos para escrever e escrever me dá desculpas para viajar. Tenho um calendário em casa e um na mesa do trabalho, no qual planejo feriados, férias e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *