Casa de Francisca – almoço e música no Centro de São Paulo

Uma das coisas que mais me alegram é ver bons estabelecimentos ocupando o centro de São Paulo. Uma, porque eu trabalho no centro; outra, porque estes estabelecimentos vão trazendo novos ares, quiçá uma bem-vinda revitalização, a uma parte de São Paulo bonita e cheia de história, mas em boa parte degrada. Um destes estabelecimentos que veio para o Centro, mais precisamente a Sé paulistana, é a Casa de Francisca.

A Casa de Francisca é um espaço musical que existe desde 2006 na cena cultural paulistana e que funcionava no nobre bairro dos Jardins. Mudou-se em fevereiro para a Sé, dividindo espaço no belíssimo Palacete Teresa com a loja de instrumentos musicais Amadeus. Parei pra pensar agora que a ocupação do Palacete por uma casa de shows e uma loja de instrumentos é muito afim: tudo gira em torno da música. Provável que isso não seja por acaso.

Palacete Teresa

Palacete Teresa

A Casa traz diversidade musical em um ambiente acolhedor, aliada a boa gastronomia.

A Casa de Francisca serve o que eles chamam de “almoço afetivo” de terça à sexta, das 12 às 15 hs. O esquema da casa é diferente e simpaticamente informal. Em vez de garçons para servir as refeições, a ideia é mais de uma casa mesmo, na qual você é convidado a circular e ter um contato mais íntimo com o espaço.

Após fazer o pedido no balcão, a bebida é retirada no simpático bar. Depois de cruzar a entrada, o ambiente que nos recebe me remete aos anos 20. As músicas tocando nas caixas do restaurante passeiam por estilos diversos que casam com a ambientação. Atrás das arquibancadas está a cozinha aberta onde a chef Katia Lyra e sua equipe preparam e montam os pratos na sua frente. Pegue uma simpática bandeja de madeira para acomodar seu prato e escolha uma mesa para saborear sua refeição.

Baião de Costelinha Casa de Francisca

Baião de Costelinha

O cardápio criado pela chef passeia por opções variadas, bem feitas e criativas. É aquela comida feita com capricho e cuidado, diferente e gostosa. São seis opções de pratos:

  • Baião de Costelinha com Farofa de Biju
  • Curry de Abóbora e Cogumelos
  • Ragu de Carne (ou de linguiça) com Purê Rústico de Batata
  • Saladão de Grão de Bico, Cuscuz Marroquino
  • Saladão com Cordeiro
  • Fettuccine Salteado com Cogumelos (também com opção vegana)

Os quatro primeiros custam R$ 35 cada e os dois últimos, R$ 41,30 cada. De entrada, você pode ir de salada ou creme do dia; de sobremesa, você pode escolher entre o ótimo creme de tapioca com doce de leite e farofa de amendoim ou a sobremesa do dia (qualquer dos dois por R$ 12,50). As combinações saem mais em conta: prato + entrada OU sobremesa por R$ 41,30; ou prato + entrada + sobremesa por R$ 44. Há 10% opcionais a título de taxa de serviço.

Ragu de Carne da Casa de Francisca

Ragu de Carne

Os meus pratos preferidos são o Ragu de Carne e o Baião de Costelinha. Este leva vinagrete de abóbora e castanha de caju. Em ambos os ingredientes casam de um modo muito bacana e você sai do lugar com sensação de que valeu demais o dinheiro pago. Gastronomia refinada, simples e aconchegante, a preço acessível, faz sentido pra você? Pois essa é a ideia que o lugar me passa.

Dica: pra mim a saladinha de entrada e a sobremesa sempre valem a pena. Pergunte pelas opções do dia. Quase sempre a descrição dos ingredientes acaba me instigando a prová-las. As saladas costumam ser saborosíssimas.

No sábado o almoço é acompanhando de música, com couvert opcional (R$ 17).

De noite é que rolam os shows. Nestas noites a cozinha funciona 5 minutos antes e após o término da apresentação. A programação é interessante e variada e pode ser conferida no site. Para shows mais intimistas, os lugares são todos sentados e ocupados conforme ordem de chegada. Para shows mais animados, pode-se assistir também em pé. As reservas podem ser feitas pelo site e os preços variam.

E aí, ficou curioso? Vai lá e me conta o que você achou. Se for num almoço em dia de semana, talvez a gente se esbarra por lá.


Todos os caminhos levam a:

Casa de Francisca

Onde: Quintino Bocaiúva, 22 – Sé. A entrada é bem discreta, ao lado da Cacau Show. Metrô mais próximo: Sé. Para Táxi ou Uber, desembarcar na Rua Benjamin Constant, 122 (esquina com a Quintino Bocaiúva). À noite, a equipe de apoio da Casa estará à disposição na saída do Palacete e na esquina acima. Também há estacionamento conveniado, na Rua Senador Feijó, 173/177 (cerca de três quadras do local).

Quando: ALMOÇO – terça a sexta das 12 às 15 hs; sábado, das 12:30 às 15:30 hs. NOITE – quarta e quinta das 19:30 à 1h; sexta e sábado das 20:00 à 1:30 h. Domingos e feriados conforme programação. Consulte a programação neste link .

Site: http://casadefrancisca.art.br/novo/

Sou servidor público, paulistano e fã de Beatles. Viajar me dá motivos para escrever e escrever me dá desculpas para viajar. Tenho um calendário em casa e um na mesa do trabalho, no qual planejo feriados, férias e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *