Chocolaterie Beluga: um chocolate quente especial em Munique

 

chocolaterie beluga

Se você vai a Munique, e se é inverno, sabiamente você tem em mente que aquele clima de cidade medieval bávara e elegante combina muito bem com chocolate quente. Mas o que a Chocolaterie Beluga oferece vai além disso.

O ar despretencioso de lugar pequeno, com poucas mesinhas na calçada, confirma a filosofia de que os bons lugares devem ser mapeados e achados. Porque se a dica é boa, acredite, a experiência pode ser melhor.

chocolaterie Beluga em Munique

Cenário perfeito pra esquecer do tempo tomando um chocolate quente… Ah, eu tenho que voltar neste lugar!

Foi seguindo essa ideia que, após longas caminhadas pelo centro antigo de Munique, já entre os quiosques do Viktualienmarkt, lembrei-me dessa sugestão que estava anotada em meu roteiro de viagem. Confesso que entre tantas opções gastronômicas, achar este lugar não foi fácil, mas valeu a pena.

A Chocolaterie Beluga, surgida em 2010, oferece a você 32 opções de sabores de chocolate, os chamados “belu choco cubes“. Após a escolha, você receberá uma bandeja com uma xícara de leite quente, e um sugestivo cubo de chocolate (do sabor que você escolheu) preso a uma colher de madeira. Aproveitar uma tarde fria tomando chocolate quente e tendo por cenário o belo campanário da Igreja do Espírito Santo (Heiliggeistkirche) define um pouco do lifestyle do cidadão de Munique, cidade que conjuga tão bem tradição, modernidade e beleza.

chocolate quente na chocolaterie beluga

Combinação perfeita: leite quente + chocolate + frio de Munique.

Só tenho a dizer que o resultado é muito bom! Um chocolate quente não muito forte, atendimento muito bom, preço um pouco caro, mas ainda assim, um lugar para se voltar.

Não por acaso, o site buzzfeed colocou a Chocolaterie Beluga entre os 27 melhores lugares NO MUNDO para se tomar um chocolate quente.Confira aqui

cardápio da chocolaterie beluga

Uma parte do cardápio, pra ir entrando no clima…

Se você for no verão, a Beluga ainda oferece sorvetes caseiros que, dizem, surpreendem aos paladares mais exigentes. Mas, espero que isso se torne um outro post, numa nova viagem… 🙂

 

Um mineiro que gosta de histórias, e acha que escrever e ler é o melhor passatempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *