Como economizar na viagem para Londres

Londres: bacana, bonita e cara. Será mesmo? Sim, realmente é. 😛 Brincadeiras à parte, Londres não está entre as cidades baratas da Europa, mas isso não quer dizer que não dê pra fazer uma viagem bacana à capital inglesa com custos moderados. Há como economizar em Londres, sim. Multicutural do jeito que é, a cidade tem espaço para todos os perfis e, mesmo com um orçamento não tão folgado, dá pra aproveitar muito.

Londres

Já dizia Joey: “it’s London, baby!”

Vamos às dicas de como economizar em Londres:

Tesco e Sansbury’s: essas duas redes de supermercado são grandes aliadas do seu bolso em Londres. Desde snacks a refeições, dá pra comprar muita coisa lá. Eu costumava fazer o almoço em restaurante e comprar algo pra jantar em um desses mercados: combo de sushis e sanduíches faziam parte das minhas refeições improvisadas no quarto do hotel. Dá pra comer com uma a duas libras, dependendo do que você escolher. Nos almoços, você encontra também nesses mercados os meal deals, combos com sanduíche ou salada, bebida e mais algum snack por preço camarada.

Musicais de última hora: o quiosque da TKTS na Leicester Square (leia aqui) vende ingressos de última hora pros musicais e peças rolando na cidade. Assim, se você não veio com o ingresso comprado já de casa pela internet, dá pra dar uma olhada ali na hora no que está disponível e escolher o mais baratinho. São revendedores oficiais, então você pode ficar sossegado!

Queen’s Theatre com seu bonito lustre iluminado, on West End de Londres

Queen’s Theatre

Museus gratuitos: muitos, mas muitos museus em Londres são gratuitos, então dá pra aproveitar o que há de melhor em cultura na faixa! Pra citar dois sensacionais: British Museum e National Gallery. São tão bons que é incrível que não cobrem entrada!

Praças e parques: estão entre os melhores programas de Londres e são essenciais pra pegar a vibe da cidade. Nem precisa se esforçar muito: só na região central tem o indispensável e gigantesco Hyde Park, e as praças Trafalgar Square e Leicester Square, que são um passeio e tanto!

Trafalgar Square

Trafalgar Square

Água da torneira: água da torneira em Londres é potável. Assim, você não precisa ficar se preocupando em comprar litros e mais litros de água. Tenha garrafinhas para reabastecer e seja feliz! Pedir nos restaurantes (tap water) pra acompanhar a refeição também vale!

Chá da tarde no Cafe in the Crypt: não é necessário desembolsar dezenas de libras para provar o chá da tarde inglês. O Cafe in the Crypt serve o clássico por menos de 10 libras. Saiba mais neste post aqui.

Chá da tarde barato em Londres

Pubs da rede Wheterspoons: Londres rima com PUB, e para não deixar de fora este clássico, os pubs da rede Wetherspoons oferecem comida e cerveja por uma parcela do que você encontra em outros pubs, com combos bem interessantes. E por ser uma rede, não imagine pubs padronizados e sem graça. Cada pub tem um estilo único! Padronização mesmo só no preço mais amigo. Encontre o mais próximo do seu ponto de interesse no site deles, https://www.jdwetherspoon.com . A rede está presente em todo o Reino Unido! Pra ter uma referência, eu já falei de um pub dessa rede lá em Edimburgo, você pode dar uma olhada neste link.

Restaurantes baratos para almoçar e jantar: e falando um pouco mais de comida, o Misato é um restaurante na Chinatown com comida boa e a preços bacanas, sobre o qual já escrevemos aqui (leia neste link). O Pret a Manger também tem boas opções e está espalhado em tudo que é lugar em Londres. Também é uma boa para um lanche rápido. Leia sobre ele neste post.

Chinatown londrina

Chinatown londrina

Transporte: no transporte público, quando puder, dê preferência ao ônibus, que custa bem menos do que o metrô. Se estiver com internet móvel no celular, instale o CityMapper , aplicativo que é um Google Maps voltado para os transportes. Ele compara roteiros entre diferentes meios de transporte, com horários de ônibus, metrô e tudo mais. Muito show!

Onibus vermelho em Londres, Reino Unido. Programas de milhagem

Londres, Reino Unido

Compras na Primark: para roupas e outras coisas mais, a Primark é o esquema. Tem que garimpar, mas você acha coisas em um preço que, se não for barato com a libra nas alturas, pelo menos é razoável. Leia mais sobre a Primark neste post.

Primark Oxford Street - Londres. Fotografada do segundo andar do busão :P

Primark Oxford Street – Londres. Fotografada do segundo andar do busão 😛

Minha última díca remete a um post muito bom do Londres para Principiantes, com 100 coisas para você fazer de graça em Londres, o qual você pode ler neste link, e tem dicas hiper bacanas de programas na cidade que não vão custar nada.

E aí, convencido de que dá pra economizar na terra da rainha?

Sou servidor público, paulistano e fã de Beatles. Viajar me dá motivos para escrever e escrever me dá desculpas para viajar. Tenho um calendário em casa e um na mesa do trabalho, no qual planejo feriados, férias e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *