Edimburgo para fãs de Harry Potter

Minha relação com Harry Potter foge um tanto do usual. A primeira vez que eu li os sete livros emprestados de uma ex-namorada, quase dez anos atrás, confesso que não achei grande coisa. Legal, mas bem ok.

Harry Potter Edimburgo

Daí me lançam o tal do Harry Potter e a Criança Amaldiçoada. Li e gostei e isso me deu um estalo de ler novamente a série. Minto, não foi só isso. Havia planos de uma viagem para Orlando, e em Orlando havia parques temáticos de Harry Potter. Usei o pretexto para ler de cabo a rabo, no original.

E me tornei muito mais fã do que eu era quase dez anos atrás.

Assim, eu sou meio que um fã tardio da série. Gostei no nível de “daqui a não muito tempo eu vou reler os sete. Seria legal ler a versão em português e em inglês paralelamente e comparar as duas”. Olha as idéias.

O fato é que Harry Potter tem uma série de referências espalhadas por diversos lugares do mundo, como o Porto, por exemplo, onde a autora viveu um tempo, ou Londres, que é palco da vários episódios da série. Mas isso é assunto pra outro post. Neste aqui eu vou falar de uma ou outra coisa em Edimburgo, terra natal da escritora J. K. Rowling.

A capital da Escócia guarda referências interessantes para fãs do mundo bruxo. Algumas delas são:

  1. CASTELO DE EDIMBURGO > CASTELO DE HOGWARTS
Castelo de Edimburgo

Castelo de Edimburgo

A primeira referência recai sobre um dos pontos mais icônicos da cidade: o Castelo de Edimburgo. Hogwarts no topo da colina. Lembra, não? Eis aí a Hogwarts da vida real.

 

  1. MONUMENTO NA ROYAL MILE > ENTRADA DA CÂMARA SECRETA
No centro de Edimburgo, a entrada para a Câmara Secreta!

No centro de Edimburgo, a entrada para a Câmara Secreta!

Na Royal Mile, perto da Catedral de St. Giles, você encontrará a entrada para a Câmara Secreta! Tanto que a autora trouxe a equipe da Warner ali pra mostrar como ela queria no filme. “Assim ó”. 😛

 

  • TÚMULOS DO CEMITÉRIO DE GREYFRIARS > PERSONAGENS DA SÉRIE
William McGonagall - Poeta

William McGonagall – Poeta

Pertinho da estátua do Greyfriars Bobby, o cachorrinho mais famoso de Edimburgo (LEIA AQUI), fica o Cemitério de Greyfriars. Um passeio pelos túmulos revelará a inspiração de nomes de alguns personagens da série, como a McGonagall e o Snape. Passeie pelos túmulos e veja o que você encontra por lá, pois eles não são os únicos.

 

  1. THE ELEPHANT HOUSE > ONDE TUDO COMEÇOU

 

O Elephant House era um pub que a Rowling frequentava. Sim, ela escrevia ali e isso se tornou uma atração para os fãs da série. O pub se autointitula o “local de nascimento do Harry Potter”, apesar de que isso parece ser uma meia verdade, pois a ideia surgiu antes mesmo de o pub abrir suas portas por ali. Mas controvérsias à parte, ela realmente escreveu parte dos primeiros livros da série ali, então é está valendo! Fica no número 21 da George IV Bridge, uma das travessas da Royal Mile.


Há mais referências à saga na cidade, sendo que não é objetivo deste post esgotar todas elas. Tanto é assim que há walking tours temáticos de Harry Potter em Edmiburgo! Se quiser se aprofundar, vale a pena procurar por um. Caso contrário, use este post como guia para alguns pontos de referência do mundo bruxo na capital da Escócia. Bom passeio!

 

Sou servidor público, paulistano e fã de Beatles. Viajar me dá motivos para escrever e escrever me dá desculpas para viajar. Tenho um calendário em casa e um na mesa do trabalho, no qual planejo feriados, férias e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *