O Céu é Sempre Azul em Pisa?

Até a viagem para a Itália eu tinha a sincera impressão de que todas as fotos da Torre de Pisa que eu via por aí estavam infalivelmente emolduradas por um céu azul. E isso era uma constante tanto nos perfis de redes sociais que eu sigo, quanto em guias de viagem. Alguns dias depois de escrever este post, vi uns céus nublados pelas redes da vida e pensei “tá aí, nem sempre é azul”.

Mas a minha dúvida, quando da viagem, era se eu encontraria aquele mesmo céu azul das fotos na minha breve visita a Pisa.

Não é que eu encontrei?

A história é bem conhecida. Um erro de arquitetura resultou em um dos monumentos mais famosos e divertidos do mundo. Sim, a Torre de Pisa é bem inclinada e, de tempos em tempos, os caras precisam reforçar as estruturas, corrigir desvios e tudo o mais, porque a torre inclina 1 mm extra a cada ano. Com a última correção, a torre está garantida aí por um bom punhado de anos.

A torre fica a uns 20 minutos de caminhada da estação de trem Pisa Centrale. Joguei no GPS do celular e fui, conversando com dois sul coreanos gente boa pelo caminho. O trajeto é fácil e tranquilo e, de brinde, você passa pelo lindíssimo Rio Arno.

Rio Arno

Rio Arno

Chegando lá, a Praça dos Milagres, ou Piazza dei Miracoli, é linda. A torre é a grande estrela, obviamente, mas todo o entorno é lindíssimo. Ali você poderá apreciar o Batistério, a Igreja e um gramado verdinho, além das pessoas fazendo as melhores poses para sair na foto empurrando a torre inclinada.

Praça dos milagres com o céu azul de Pisa

Gostei especialmente do Batistério

Batistério de Pisa

Batisttero

Creio que a visita pela cidade de Pisa deva ser bem interessante. Se já andou pela cidade, aproveita e me conta nos comentários como é. Pra mim vai ter que ficar para uma próxima.

Você tem a opção de subir a Torre de Pisa, coisa que eu não fiz. Deve ser interessante e a vista deve ser bacana, mas abri mão, pois estava mais interessado em vê-la do que subí-la. É bem agradável ficar ali na Piazza dei Miracoli, sentado no gramado, tomando um gellato, olhando a profusão de turistas ir e vir. Inclusive, ali eu tomei o gelatto mais gostoso da viagem, de fragolla e banana. Infelizmente, não lembro o nome do lugar, só lembro que não era na praça e sim na rua que desemboca imediatamente na praça, para quem está vindo dos lados da estação Pisa Centrale. A gellateria possui uma vitrinezinha com os sabores para você escolher.

gellato na torre de pisa

O gellato

Se estiver lá, tente se guiar pelos sabores: fragolla e banana. Se achar, conte-me se curtiu!

Aliás, o céu permaneceu azul durante toda aquela manhã. Aquele azul de primavera só reforçou a imagem na minha imaginação, que eu vi em tantas fotos e consegui reproduzir nas minhas. Claro que eu descobri que o céu nem sempre é azul em Pisa, mas naquele dia e nas minhas fotos ele correspondeu às minhas expectativas. Felizmente, para minhas fotos e memórias!

 

Todos os caminhos levam a:

Torre de Pisa e Piazza dei Miracoli

Onde: Pisa é uma bate-volta clássico partindo de Florença. Na estação de trem Santa Maria Novella você pode comprar o ticket com destino a Pisa. Não há necessidade de comprar antecipadamente, partem vários trens por dia com destino a Pisa. Os trens rápidos servem a estação Pisa Centrale, de onde uns 20/25 minutos a pé bastam para chegar à Torre de Pisa na Piazza dei Miracoli. Já os trens regionais te deixam na estação Pisa San Rossore, de onde são apenas 5 minutos até a torre inclinada. O único contra desta opção seria não passar pelo belo Rio Arno no caminho. 😛

Quanto: o ticket custa 8,40 euros por trecho (preços em 2016)

 

Sou servidor público, paulistano e fã de Beatles. Viajar me dá motivos para escrever e escrever me dá desculpas para viajar. Tenho um calendário em casa e um na mesa do trabalho, no qual planejo feriados, férias e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *