O Mercado de Natal da Champs-Élysées: comidinhas para se esquentar

 

les villages de Noel

“les villages de Noel”, o encantador mercado de natal da Champs-Élysées.

O inverno chega forte em Paris e eu te pergunto: você acha que os cidadãos franceses colocam cachecóis a la mode française para ficar em casa? Não, eles vão ao mercado de natal da Champs-Élysées. Pelo que pude observar, este mercado de natal chamado “les villages de Noel” é um dos poucos lugares em que se vê multidões aglomeradas num ambiente aberto. Há um atrativo que justifica tal comportamento.

Champs-Élysées

No frio de Paris, não congele, aqueça-se com as comidinhas do mercado de natal.

Segunda pergunta: como sobreviver ao frio sem ter que ficar entrando de loja em loja só para se esquentar? Simples, comendo e bebendo.

O mercado de natal da Champs-Élysées é um banquete gourmet a céu aberto, oferecendo de tudo um pouco, bem ao estilo da culinária francesa. De certa forma, é um pedaço da frança a cada passo e, como o mundo anda global, é um pedacinho também de algumas partes do mundo.

Depois de alguns minutos andando, é hora de se esquentar. Nada mais clássico do que o vinho quente alemão (gluhwein). Esquenta mesmo! inclusive as mãos.

gluhwein

Gluhwein, o vinho alemão, é preferido de todos.

Seguindo na caminhada, logo você sentirá fome. Por que não? afinal, é natal. Sugiro, assim, um prato que repeti porque estava realmente divino. Estamos falando da Cassoulet, a feijoada francesa feita com feijão branco. O aspecto talvez não seja dos melhores, mas voilá, é saboroso e quente e isto me basta.

Cassoulet

Eu simplesmente amei Cassoulet! Voltarei a Paris só para experimentar novamente esta iguaria. rs

Na sequência eu indico mais um vinho quente, acompanhado agora das famosas castanhas portuguesas que são vendidas queimadas por fora, quentes como devem ser. Delicious!

castanhas portuguesas

Experimente tomar o vinho quente e comer castanhas portuguesas. Delicious!

Outra iguaria francesa que comi no mercado de natal da Champs-Élysées foi o Tartiflette, uma combinação de batata cozida recheada com queijo reblochon, levado ao forno até gratinar. É muito bom e aquece até o dedinho do pé.

Tartiflette

Tartiflette é uma mistura de purê de batata com queijo reblochon. É muito bom e sustenta pra noite inteira.

Depois de seguir nos dois sentidos da Champs-Élysées, e pra finalizar esse roteiro de comidinhas de natal, congratulando-me por não ter congelado, é hora de fechar a noite num clássico para embalar os sonhos numa cama quentinha: crepe de nutella 🙂

Nutella

Pra fechar a noite: crepe de nutella

O mercado de natal da Champs-Élysées é grande, variado e alegre. Embora com algumas barraquinhas erráticas vendendo drones, não chega a perder o espírito natalino. Tudo é muito bem feito, da decoração ao sabor dos produtos vendidos. Como um bom mercado de natal deve ser.

 

Um mineiro que gosta de histórias, e acha que escrever e ler é o melhor passatempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *