O que fazer em Budapeste grátis ou gastando pouco

Budapeste é uma das cidades mais interessantes da Europa para viajantes. Ela une características que agradam com facilidade: tem história e é belíssima; é barata, quando comparada a outros destinos europeus; tem muita coisa pra fazer; e possui bons cafés e restaurantes legais.

Aqui vai uma listinha com 10 coisas para fazer em Budapeste. A ênfase é em programas amigos do bolso do viajante, gratuitos ou baratos.


1.Admirar o Parlamento

Parlamento de Budapeste
Parlamento de Budapeste

O prédio do Parlamento de Budapeste às margens do Rio Danúbio é possivelmente o mais conhecido cartão postal da cidade. Concluído em 1904, é um senhor com mais de 100 anos de idade e fica bem na foto de vários locais: quando observado da margem oposta do Danúbio, quando observado do alto do Castelo de Buda e quando visto de pertinho também.

Quando estiver perto dele, em uma das laterais há alguns espelhos d’água que rendem boas fotos com ele refletido.

2.Ver os Sapatos à Beira do Danúbio

Budapeste

Essas esculturas podem deixar o turista desavisado confuso: sapatos enfileirados às margens do Rio Danúbio, nas proximidades do Parlamento. A história por trás é triste: em fins da Segunda Guerra Mundial, judeus eram fuzilados à beira do Rio Danúbio e, antes de serem mortos, eles eram obrigados a retirar os sapatos, que seriam posteriormente vendidos.

Assim, os Sapatos à Beira do Danúbio foram idealizados como um memorial para relembrar as crueldades cometidas durante o holocausto. Um dos pontos mais emblemáticos e tocantes da cidade.


 3.Visitar o Castelo de Buda e o Distrito do Castelo

Igreja Mathias Distrito do Castelo

Passear pelos jardins do Castelo de Buda e pelo Distrito do Castelo dá um belo do programa gratuito na cidade! De lá do alto desponta uma linda visão da cidade, de forma que já até temos um post aqui no blog sobre esse passeio, o qual você poder ler neste link.

4.Visitar a Basílica de São Estevão

Basílica de Santo Estevão

A Basílica de São Estevão é a maior igreja da Hungria, com capacidade para 8500 pessoas. Seu nome homenageia Estevão I, o primeiro rei da Hungria. O interior da igreja abriga a mão direita de Santo Estevão. Entrada grátis, com doação sugerida.

5.Tomar sorvete na Gelato Rosa

Sorvete da Gelato Rosa com a Basílica de São Estevão ao fundo
Sorvete da Gelato Rosa com a Basílica de São Estevão ao fundo

Ali pertinho da Basílica de Santo Estevão fica a Gelato Rosa (endereço Szent István tér 3, 1051), com sorvetes lindos e deliciosos! Vale a pena provar um deles, que são montados com bastante cuidado em forma de flor. Há sabores bem diferentes! O pequeno com dois sabores sai a 700 FT; médio com 3 sabores a 800 FT; e grande com quatro sabores a 900 FT.

6.Fotografar a Ponte das Correntes

Ponte das COrrentes

A Ponte das Correntes é outro ícone de Budapeste. Antes de sua construção, só era possível atravessar o Danúbio de barco. Em 1849 seria inaugurada a Ponte das Correntes, para facilitar esse trânsito. Com a Segunda Guerra Mundial ela, bem como todas as pontes da cidade, foram explodidas. O que temos hoje é uma reconstrução inaugurada em 1949.


7.Ir ao Cat Café Budapest

Cat Café Budapeste

Budapeste tem uma tradição forte em cafés. Entretanto, em vez de ir a um café clássico de Budapeste, escolhemos algo diferente: um Cat Café, um café onde os gatos são os verdadeiros donos do estabelecimento e que permitem a nós, visitantes, tomar um café em sua companhia. Falamos sobre o Cat Café Budapest aqui no blog e você pode ler mais sobre neste link.


8.Visitar um Ruin Pub

Ruin Pub Budapeste

Os Ruin Pubs ou Pubs em Ruínas, instituições típicas de Budapeste, são bares que ocuparam antigas ruínas de guerra. Os prédios meio arrebentados e degradados são transformados em pubs, bares e baladas. Nós visitamos o Szimpla Kert (Kazinczy u. 14), primeiro ruin pub do mundo e talvez o mais conhecido de Budapeste. Ocupa um edifício de dois andares cheio de penduricalhos por todo canto.


9. Comer bem e barato

Oktogon Bisztró

Encontramos um buffet de comida à vontade super bacana em Budapeste, o Oktogon Bizstró. Comida boa e à vontade por preço fixo, bom para os dias de bastante fome. Leia mais neste link.


10.Ver Budapeste do alto da Budapest Eye

Budapest Eye

Esta atração é paga, mas dá uma boa vista da cidade. A Budapest Eye é a roda gigante de Budapeste, com 65 metros de altura, no estilo London Eye ou Orlando Eye. Anda numa velocidade que permite admirar a cidade do alto e o passeio dura cerca de dez minutos.

Budapeste à noite

Fomos à noite e a experiência foi bem legal! Custa 2700 HUF por pessoa (preço em 2018).

Sou servidor público, paulistano e fã de Beatles. Viajar me dá motivos para escrever e escrever me dá desculpas para viajar. Tenho um calendário em casa e um na mesa do trabalho, no qual planejo feriados, férias e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *