O que fazer em Edimburgo: conheça a história do cachorrinho Greyfriars Bobby

No centro de Edimburgo há uma estátua de um cachorrinho simpático de carinha triste e focinho descorado que chama a atenção: normalmente as pessoas passam pela estátua, esfregam o focinho do bichinho, aparentemente um ritual para trazer boa sorte, fazem uma foto e seguem. O turista incauto pode não entender muito bem do que se trata a estátua do Greyfriars Bobby, um dos cachorrinhos mais famosos do mundo e uma lenda na cidade de Edimburgo.

Greyfriars Bobby

Greyfriars Bobby

As versões da história variam, algumas mais romantizadas, algumas mais realistas, mas a linha geral não muda: Greyfriars Bobby foi um cachorrinho da raça Skye Terrier que viveu em Edmiburgo no século XIX e teria passado 14 anos guardando o túmulo do seu dono até a própria morte, em 1872.

John Gray, o dono do cachorrinho, morreu de tuberculose em 1858 e foi enterrado no cemitério de Greyfriars Kirkyard. Quando o cachorrinho veio morrer, após 14 anos guardando o túmulo de John, foi enterrado a 70 metros do túmulo do seu dono. Só não foi enterrado junto ao dono porque não haveria permissão de enterrar o bichinho naquela parte do solo por questões religiosas.

Túmulo do Greyfriars Bobby

Túmulo do cachorrinho

A estátua em tamanho real na Candlemaker Row é uma homenagem ao famoso cachorrinho que inspirou livros e filmes, entre eles o Disney “O Fiel Companheiro”, de 1961. Pertinho ali da estátua fica o cemitério onde está o túmulo do bichinho, com os seguintes dizeres:

“Greyfriars Bobby

Morreu em 14 de janeiro de 1872,

Idade: 16 anos

Que sua lealdade e devoção sejam uma lição para todos nós.“

A história é linda e triste, a um só tempo. Uma curiosidade extra é que a estátua do cachorrinho originalmente não estava na posição atual. Quando erguida, ela estava voltada para o cemitério. Diz-se que o dono do pub Greyfriars Bobby virou a estátua para a posição atual, de forma que as fotos dela sempre tivessem como fundo o pub. Usou, assim, a posição como forma de marketing para o bar.

Greyfriars Bobby e o pub homônimo atrás

Greyfriars Bobby e o pub homônimo atrás

Assim, quando for a Edimburgo, dê um alô para o cachorrinho mais famoso da cidade. E como diz a lenda que esfregar o nariz do Bobby dá sorte, não deixe de esfregar o focinho do bichinho, que já nem é mais escuro como o resto da estátua por causa dessa tradição!


Todos os caminhos levam a:

Greyfriars Bobby Memorial Statue

Onde: 21 Candlemaker Row, Edimburgo. Uns 10 minutinhos a pé do Castelo de Edimburgo. O cemitério fica logo atrás do Pub.

Sou servidor público, paulistano e fã de Beatles. Viajar me dá motivos para escrever e escrever me dá desculpas para viajar. Tenho um calendário em casa e um na mesa do trabalho, no qual planejo feriados, férias e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *