O que fazer em Lisboa – Mosteiro dos Jerônimos

Na sua viagem a Lisboa, você verá que o bairro de Belém fica um pouquinho afastado do centro, mas vale muito o deslocamento. O bairro, bonito e agradável, guarda várias atrações, dentre elas o legítimo e único Pastel de Belém  e o Mosteiro dos Jerônimos.

Mosteiro dos Jerônimos

Mosteiro dos Jerônimos

O mosteiro é um dos maiores expoentes da arquitetura manuelina (referente ao rei D. Manuel I), que mistura elementos do gótico final e do renascimento. Os monges da ordem de São Jerônimo foram os escolhidos pelo rei para habitar o mosteiro. Em 1833, após quatro séculos de habitação no Mosteiro dos Jerônimos, a ordem foi dissolvida e o lugar desocupado.

O monumento é de um primor e beleza singulares. O comprimento do monumento é acompanhado pelos belíssimos jardins da Praça do Império, de gramado verdinho e com fontes aqui e acolá, separados do mosteiro pela avenida. Dentro, as paredes de tom creme, com detalhes esculpidos em vários pontos, e o pátio central com seu gramado formam um conjunto espetacular.

Claustro do Mosteiro dos Jeronimos

É uma delícia passear pelos corredores e pelas salas do mosteiro. A visita é interessante, nada cansativa e há diversos ângulos para belas fotos.

Detalhe da arquitetura do Mosteiro dos Jeronimos

O Mosteiro dos Jerônimos guarda, ainda, túmulos de personalidades ilustres: Vasco da Gama, Luís de Camões e Fernando Pessoa estão ali, entre outros.

Túmulo de Camões

Túmulo de Camões

Dentro do mosteiro, não deixe de visitar a Igreja Santa Maria de Belém, onde se encontram os túmulos de Vasco da Gama e Camões. Não deixe também de visitar o Coro Alto, para ter a visão da igreja de um patamar superior. As paredes do Coro Alto possuem um conjunto de pinturas com os apóstolos, São Jerônimo e Santo Agostinho, todos de autoria desconhecida.

Os detalhes da arquitetura são magníficos

Os detalhes da arquitetura são magníficos

Entretanto, o ponto alto de beleza do mosteiro fica por conta do claustro, que é o ambiente do mosteiro propriamente dito, com seus dois andares e seus corredores, com o pátio central e seus gramados em formas triangulares. O túmulo de Fernando Pessoa fica em um dos corredores do piso inferior do claustro, na ala norte.

Corredores do claustro

Corredores do claustro

Depois da visita ao mosteiro, você pode fazer um lanchinho a base dos pastéis de Belém da Antiga Confeitaria de Belém, que fica ali pertinho, como eu conto NESTE POST. A receita do famoso pastel, por acaso, veio das mãos dos monges do Mosteiro dos Jerônimos. Não poderia existir dobradinha melhor.


Todos os caminhos levam a:

Mosteiro dos Jerônimos

Onde: Praça do Império 1400-206 Lisboa, Portugal. O bairro de Belém fica afastado do centro de Lisboa. Para chegar em Belém pegue o Bonde 15E, que sai da Praça do Comércio.

Quando: horários neste link.

Quanto: bilhete individual – 10 euros; bilhete combinado com visita à Torre de Belém – 12 euros; para portadores do Lisboa Card – GRÁTIS. Preços em 2017. Preços atualizados podem ser checados aqui.

Site oficial: http://www.mosteirojeronimos.gov.pt

Sou servidor público, paulistano e fã de Beatles. Viajar me dá motivos para escrever e escrever me dá desculpas para viajar. Tenho um calendário em casa e um na mesa do trabalho, no qual planejo feriados, férias e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *