Roteiro de um dia em York, na Inglaterra

No início de 2017, eu montei um roteiro de duas semanas pelo Reino Unido que se dividia mais ou menos assim:

  • 7 dias em Londres, sendo 1 dia para um bate e volta para Cardiff, no País de Gales
  • 3 dias em Liverpool
  • 1 dia em York
  • 3 dias em Edimburgo, Escócia

Toda a viagem foi planejada para deslocamentos de trem, ou no máximo de ônibus, que foi o caso do bate e volta para o País de Gales. Então neste roteiro eu queria passar a maior parte do tempo em Londres, ir para Liverpool, no leste da Inglaterra, e subir para a Escócia.

York é um ponto estratégico pra este tipo de roteiro.

York, Inglaterra

Os trens de Liverpool para a Escócia não são diretos: eles vão fazer alguma parada ou troca de trens antes de ir rumo ao norte do Reino Unido. Assim, York parecia um lindo ponto de parada. O trem de Liverpool leva pouco menos de 2 horas. York casa muito bem com um roteiro Londres-Edimburgo, porque fica no meio do caminho. São 2 horas de trem de Londres, aproximadamente. E vale a pena a parada.

Estação de trem de York

Estação de trem de York

York é uma cidade medieval murada, pequena e lindíssima. Foi fundada pelos romanos em 71 d.C. e fica no norte da Inglaterra. Curiosidade: para quem já assistiu ao filme “V de Vingança”, Guy Fawkes, que quer explodir o Parlamento Britânico, não só existiu de fato, como nasceu e estudou em York.

York serve para uma parada de um dia, mas reservar dois ou três dias no seu roteiro, se possível, é uma ideia ainda melhor. Pense que é uma cidade medieval, arborizada, tranquila, do interior da Inglaterra, que faz jus a caminhadas calmas e necessita de mais tempo se você quiser visitar algumas atrações. Dois dias são um meio termo interessante. No um dia que eu tive lá eu priorizei:

  1. não gastar nada em atrações (modo mochileiro mão de vaca)
  2. andar tranquilamente pela cidade, tendo uma visão geral
  3. gastar o mínimo possível com alimentação (modo mochileiro mão de vaca (2) )
  4. ter uma hospedagem individual, depois de quartos coletivos ao longo da viagem
  5. levar um imã de geladeira, algum outro gift, boas fotos e boas lembranças 🙂

 

Seguindo essa linha, York foi uma cidade pra conhecer num ritmo tranquilo, com hospedagem legal, gastando pouco e sem se preocupar em visitar atrações ou fazer um check list de coisas pra fazer. Funcionou super bem e eu amei a cidade, de modo que se você estiver em Londres ou Liverpool, cogite a ida lá. Se for para a Escócia, York é uma parada sensacional no meio do caminho.

Segue um mini roteiro descompromissado para um dia tranquilo em York:

O QUE FAZER

1.MURALHAS

York, Ingalterra

As muralhas estão entre um dos pontos mais legais da cidade. Nunca tinha visto uma cidade murada, e andar sobre elas contornando o perímetro da cidade pelo alto é muito divertido.

Vista de cima da muralha

Vista de cima da muralha

Recomendo a entrada Bootham Bar para as muralhas, pois esse trecho é muito legal e há o muro de um lado e proteção do outro, então dá pra caminhar tranquilo.

A parte da muralha mais próxima à estação ferroviária não possui proteção em um dos lados, de forma que eu fiquei meio “manoooooooo, se alguém esbarrar em mim eu vou ladeira abaixo”. Pra ajudar vinham umas crianças correndo pela muralha, na minha direção. Dei uma meia-volta para garantir e evitar acidentes. 😛

Parte sem proteção: não faça isso

Parte sem proteção: não faça isso

2.YORK MINSTER

A Catedral de York é de uma beleza fascinante! Não vou aqui entrar em estilos arquitetônicos, e vou preferir mostrá-la em imagens:

York Minster

York Minster

York Minster

York Minster

É difícil pegar uma foto dela inteira, dependendo da proximidade, por isso fiz a registrei em cortes diferentes. A estátua próxima a ela é do Imperador Romano Constantino.

 

3.RIO OUSE

Rio Ouse

Rio Ouse

York é atravessada pelo Rio Ouse, o que sempre a colocou em uma localização estratégica e economicamente interessante. A cidade já foi assolada por inundações lamentáveis centenas de anos atrás, de modo que o rio está muito ligado à história da cidade.

York

Tire um tempinho para andar à margem do rio ou apreciá-lo do alto de alguma das pontes que cruzam o Ouse.

 

4.THE SHAMBLES

The Shambles

The Shambles

Eu acho que eu li em algum lugar algo como “a rua mais pitoresca de York”, o que é uma ótima definição para The Shambles. É uma rua no qual algumas casas se inclinam em direção umas às outras. Originalmente, a região concentrava vários açougues. Se você conhece Harry Potter, vai se lembrar do Beco Diagonal, que foi, de fato, inspirado nesta ruazinha de York!

The Shambles: o Beco Diagonal original

The Shambles: o Beco Diagonal original

Em uma loja você verá até um cartaz de “Procura-se Harry Potter”. Por ali há lojas, cafés, salão de chá e outras coisas mais pra você dar uma olhada.

 

5.CLIFFORD’S TOWER

Clifford's Tower

A Clifford’s Tower entra mais aqui na lista pela importância histórica do que pela beleza em si, pra ser honesto. É uma torre no alto de um pequeno cume elevado no meio da cidade, com pouco atrativo estético. Entretanto, aí está o que sobrou das ruínas do Castelo de York, então vale a pena dar uma passada.

6.ANDAR

York

York é uma cidade agradável para caminhar. É bem pacata, tem um estilo bem diferente de Londres e é extremamente fotogênica. Nos caminhos entre o Rio Ouse, a York Minster e as muralhas, surgem ângulos e mais ângulos para belas fotos.

York

Muitos prédios possuem uma arquitetura bacana, as esquinas guardam surpresas, então recomendo caminhar com calma e se perder, porque a cidade traz boas recompensas para o viajante.

ONDE COMER EM YORK

Já falei aqui no blog dos pubs da rede Wetherspoons como boas opções para comer e beber no Reino Unido, já que eles costumam ter ambiente bacana e bons preços. Fui no The Punch Bowl, no 5-9 da Blossom Street, e o pub é ótimo. Outra opção da rede na cidade é o The Postern Gate, no 90 da Picadilly. Em ambos você consegue comer e beber a partir de umas 5 libras. Gosto muito da lasanha deles com batatas e saladinha. Acompanhado de uma Guiness ou de uma taça de vinho. Isso aí vai te custar umas 9 libras e te deixar bem alimentado.

 

ONDE FICAR EM YORK

Pra dar um descanso dos quartos compartilhados, resolvi ficar no Ibis. Ele é bem localizado, próximo à estação ferroviária, na mesma rua do pub Punch Bowl acima citado. A diária para duas pessoas sai por volta de 70 libras. Achei a hospedagem ótima e não tenho do que reclamar. Como eu tinha pontos na rede Accor, decorrentes de milhas Smiles, acabou compensando. Dependendo do seu orçamento, dá pra procurar outras opções no booking e ver o que se encaixa melhor ao seu perfil.

Sou servidor público, paulistano e fã de Beatles. Viajar me dá motivos para escrever e escrever me dá desculpas para viajar. Tenho um calendário em casa e um na mesa do trabalho, no qual planejo feriados, férias e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *