Viagem a Orlando: comece por aqui! (PARTE 3)

Este é o terceiro e último post da série Viagem a Orlando: comece por aqui!, com noções básicas do que se considerar no planejamento de uma viagem para Orlando. No primeiro post, falei sobre ingressos e comida; no segundo, sobre hospedagem, transporte e aluguel de carro em Orlando.

Pequena sereia

Disney’s Hollywood Studios

Neste terceiro post, vou falar de uma porção de coisas: internet e aplicativos essenciais em sua viagem para Orlando; fast pass + e magic bands (calma que eu já explico); e compras! 🙂

Caso não tenha lido os posts anteriores, você pode ler a parte 1 AQUI e a parte 2 AQUI.

 

5.INTERNET, APLICATIVOS, FAST PASS + E MAGIC BANDS

É necessário comprar um chip para celular em Orlando?

Particularmente eu curto a ideia de ter internet móvel no celular em todo lugar que eu estiver, mas em Orlando especificamente eu realmente não senti necessidade de ter um chip. Isso porque tanto o hotel quanto os parques possuem wi-fi. Como na maior parte do tempo você está nos parques ou no hotel, realmente não senti falta de um chip local.

Há dois aplicativos essenciais na sua ida para Orlando: My Disney Experience e Universal Experience. Em ambos, você pode acompanhar as filas nas atrações dos parques em tempo real. Achei a internet dos parques da Universal mais estável que a dos parques Disney, no geral, mas em ambos você consegue se guiar pelos aplicativos e ver no que vale a pena ir ou não de acordo com as filas.

No aplicativo da Disney você ainda consegue agendar os Fast Pass, reservar restaurantes, se guiar pelo parque através do GPS e mais umas coisinhas bacaníssimas.

Aliás, comentei ali sobre Fast Pass. O que seria isso?

O Fast Pass é basicamente o fura-filas. Com ele, você pega uma fila expressa, menor e mais rápida. Enquanto uma fila normal pode demorar 60 minutos ou mais, a fila do Fast Pass normalmente leva no máximo 15. Bacana né? Nos parques Disney, todos têm direito a 3 Fast Pass por dia. Quando você usar todos, você pode reservar novos Fast Pass. Quem se hospeda nos hotéis Disney pode agendar Fast Pass com 60 dias de antecedência; para não hóspedes, com 30 dias.

Muitos Fast Pass você vai acabar agendando no dia, mesmo tendo toda essa antecedência. Trust me. 😛

FIla do Frozen Ever After

O Fast Pass vai ser o grande amigo que vai te ajudar a pular filas chatas de uma hora como esta aí em cima, ou até muito mais. Já vi filas de três horas e meia em algumas atrações!

Nos parques da Universal, o Fast Pass é pago. Se você quiser comprá-lo, é bom ficar atento, pois ele não inclui algumas atrações, como o Escape from Gringots, do Harry Potter. Entretanto, pular algumas filas em atrações concorridas da Universal pode valer a pena o gasto a mais. A escolha entre comprar ou não o Fast Pass da Universal é bem pessoal. Eu não comprei, mas numa próxima vez, acho que eu consideraria comprar.

Por último, mas não menos importante, as Magic bands.

Magic bands, as pulseiras mágicas multifuncionais da Disney

Magic bands, as pulseiras mágicas multifuncionais da Disney

As Magic Bands são pulseiras da Disney que podem guardam os dados dos seus ingressos e dos Fast Pass. Para quem está hospedado nos hotéis do complexo Disney, ela também é a chave do quarto. Elas são gratuitas para hóspedes Disney e você pode inclusive vincular seu cartão de crédito a ela. Os hóspedes Disney podem personalizar a cor da magic band e mandar imprimir seu nome nela, bastando para isso ir ao site da Disney e pedir essa customização até 30 dias antes da sua estadia.

 

6.COMPRAS

Não fui aos outlets de Orlando. Alguns amigos acharam absurdo tal fato, mas aí vai de gosto e pegada de viagem de cada um. A pegada dessa viagem não estava muito em comprar, talvez até pela cotação do dólar não tão amigável.

Mas mesmo em tempos de dólar meio alto, ainda há, sim, coisas vantajosas de se comprar.

Entretanto, mesmo não tendo nada a dizer dos outlets, por compras também podemos ler: Walmart. E dele eu posso falar um pouco.

Walmart lá tem de tudo. Mais do que mercado, é uma loja de departamentos, com boa variedade e bons preços. O Walmart foi o lugar em que eu mais ouvi brasileiros falando o bom português nos corredores.

Lanchinho de queijo e presunto

Pensa numa coisa simples e gostosíssima por um dólar. Ah Walmart! S2

A seção de comidas é bacaníssima. É perfeita para comprar aquelas comidinhas para levar na mochila para os parques e paradas para um ótimo e barato café da manhã no quarto do hotel. Pegamos uma super bandeja com maçãs cortadinhas, queijos e manteiga de amendoim, biscoitos, lanchinhos rápidos e afins. Há também chocolates Lindt e Godiva, para citar alguns.

Frutas, pães e iogurte comprados no Walmart

Ah, Walmart! S2

A minha irmã disse que as maquiagens lá são hiper em conta, e isso estamos falando de um dólar a 3,40. Quanto a perfumes, dei uma olhada e não achei a variedade muito grande. Há também suplementos alimentares, vitaminas e afins. Há de quase tudo que você imaginar, para ser sincero, de comidas a eletrônicos.

O Walmart é boa pedida também para comprar lembranças de viagens. Há roupas, chaveiros, pelúcias, canecas, imãs de geladeira e tudo o mais por metade do preço ou até menos do que você pagaria nas lojas oficiais da Disney. Vale garimpar e comparar antes de comprar lembranças no parque. Aí sim, depois de uma passada no Walmart, você pode comprar aquela lembrança que realmente te cativou numa loja oficial. 😉

Outro nome interessante por lá é o Walgreens, rede de farmácias. Eu passei na que fica ali no complexo I-Drive, da Orlando Eye, e achei interessantíssima. É farmácia, mas, além de medicamentos, comésticos e vitaminas, tem comida, pelúcias, etc, a bons preços. Vale dar uma olhada também.

Fica outra dica para lembrancinhas, mas esta mais voltada para camisetas. Na loja 360, ali na I-Drive, eu achei umas camisetas bacanas de Orlando. Tinha promoção do tipo leve duas e ganhe mais uma, com camisetas na faixa dos 12 dólares. Vale uma espiada.

 


Com isso, eu fecho esse mini guia “Orlando, Disney e Universal Studios: comece por aqui!”. Espero, nestes 3 posts, ter dado uma ideia de algumas coisas a considerar numa viagem para Orlando. Com um planejamento bacana é só relaxar e curtir neste que é um dos destinos mais divertidos do mundo!

Have fun!

Sou servidor público, paulistano e fã de Beatles. Viajar me dá motivos para escrever e escrever me dá desculpas para viajar. Tenho um calendário em casa e um na mesa do trabalho, no qual planejo feriados, férias e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *