Coronavírus e viagens

No começo deste ano tive a felicidade de reencontrar uma amiga coreana que eu fiz em uma viagem pela Itália. Há quatro anos tínhamos nos conhecido em Florença e cá estava ela em São Paulo, no começo de uma viagem de cinco ou seis meses pela América do Sul!

Trópico de Capricórnio
Trópico de Capricórnio

Este ano, coincidentemente, nós nos encontraríamos pessoalmente duas vezes, já que os meus planos eram de ir para a Ásia no meio do ano. Entretanto, vários planos saíram frustrados aí.

Cancelei a viagem para a Ásia no meio do ano e ela teve que cancelar a viagem dela pela América do Sul ainda no meio da viagem. Uma pandemia veio e mudou tudo. Diante de tudo o que está acontecendo, na verdade, as viagens são o menor dos problemas.

Parlamento de Budapeste
Parlamento de Budapeste

Em tempos bastante conturbados e ansiosos, a privação de muitas coisas, entre as quais o bem que viajar nos faz, causa bastante frustração e impaciência. O coronavírus está aí e os tempos são de manter calma, disciplina e de ficar em casa.

É bem complicado de planejar qualquer coisa no curto prazo em termos de viagem, mas isso não significa que não possamos planejar. A perspectiva de ter coisas boas pelas quais ansiar pode ser um fator positivo para nos ajudar a passar por esse período complicado.

Entardecer na Baía dos Golfinhos, em Pipa
Entardecer na Baía dos Golfinhos

Como manter o espírito de viajante vivo de forma positiva durante esse período? Aqui vão algumas sugestões:

1.Que tal revelar algumas fotos das suas viagens?

Como assim "tudo vale a pena quando a alma não é pequena?"
Como assim “tudo vale a pena quando a alma não é pequena?”

Pode ser um momento bacana para relembrar suas melhores viagens e escolher algumas fotos para revelar. Gosto de colocar as minhas fotos em um mural no meu quarto, mas revelar e montar álbuns também pode ser uma ideia bacana. Estamos tão acostumados às fotos nas telas que mal lembramos quanto é gostoso revelá-las.

2. Leia blogs de viagem

Aviator Tagh autografando meu diário de viagem
Hahahahahahaha 😛

Não podemos viajar, mas isso não nos impede de ler sobre viagens e destinos que nos interessam. Bons blogs de viagem instigam nossa imaginação e dão ideias para viagens futuras! Recomendo muito este blog que você está lendo agora (hahahaha merchandising :P) e o blog do mestre Ricardo Freire, o Viaje na Viagem. Gosto bastante também do Matraqueando, da Sílvia Oliveira, e do Um Viajante, do Robson Franzói.

3. Escreva diários de viagem

Que tal começar agora seus diários de viagem? UÉ, MAS EU NÃO TÔ VIAJANDO! Qual o problema? Eu estava em débito como as minhas últimas viagens, e estou atualizando meus diários de viagem já depois de elas terem ocorrido. Qualquer momento é um bom momento para começar a escrever. Temos um post bacana sobre diários de viagem aqui no blog, leia aqui.

4. Leia livros e veja filmes com a temática de viagens

Passeio Público de Curitiba

E que tal ler alguns livros com a temática de viagens? Ou ver alguns filmes? Um filme clássico da temática é “Na Natureza Selvagem”, mas dá pra ir muito além. Ver filme de outras culturas talvez dê alguma ideia legal de viagem ou gere alguma curiosidade bacana. Quanto a livros, aqui no blog já falamos do Meio Século no Limiar do Perigo , do Guia de Roma – Segredos de um Viajante e do 66 Histórias de uma Volta ao Mundo.

5. Planeje viagens

Povoado Machuca

Não poder viajar no curto prazo não significa não poder viajar. Planeje sua próxima viagem! Faça orçamento, faça roteiros, dê forma ao seu sonho. Com isso você já se planeja inclusive em termos financeiros: quanto dinheiro preciso ter, quantas milhas, se for o caso, e assim por diante. Planeje as atrações a serem visitadas, planeje o roteiro, sonhe! É de graça, é gostoso e faz bem. 🙂


Se quiser comprar os livros deste post, dá um pulinho na Amazon pelos links abaixo. Você não paga nada mais por isso e o blog ganha uma pequena comissão. 😉

Meio Século no Limiar do Perigo

66 histórias de uma volta ao mundo

Guia de Roma – Segredos de Um Viajante

Sou servidor público, paulistano e fã de Beatles. Viajar me dá motivos para escrever e escrever me dá desculpas para viajar. Tenho um calendário em casa e um na mesa do trabalho, no qual planejo feriados, férias e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *