Mini roteiro: Universal Studios

Lembro que quando entrei no parque da Universal Studios, após alguns dias brincando nos parques da Disney, olhei para um lado, olhei para o outro e pensei: isso aqui não é tão legal como os parques Disney. No dia anterior eu havia ido ao Hollywood Studios e ficado encantado com o lugar e os brinquedos.

Acho que eu precisei de um ou dois simuladores da Universal para mudar radicalmente de opinião.

Simulador do Transformers, no parque Universal Studios

Simulador do Transformers, no parque Universal Studios

Sim, meus caros, os parques da Universal são mais do que fantásticos. Em Orlando, eles são simplesmente obrigatórios. À época que eu fui não havia ainda o novíssimo parque aquático Volcano Bay, então aqui no blog escreverei sobre os dois parques mais clássicos da Universal, os quais eu pude visitar: Universal Studios e Island of Adventures.

Os dois parques ficam um ao lado do outro e, entre os dois fica o City Walk, área com entretenimento e restaurantes que será tópico de outro post.

Este post é dedicado ao Universal Studios e pode ser usado como roteiro referencial do que ver na sua visita ao parque. Tenha em mente que o ideal é ter um dia para o Universal Studios e um para o Island of Adventures. Só faça os dois parques no mesmo dia caso não haja alternativa. Se ainda estiver planejando sua viagem, separe um dia para cada (pelo menos) e eu garanto que você não se arrependerá.

 

Chegando ao Parque

O clássico globo da Universal

O clássico globo da Universal

Aqui é apenas um chute, mas há uma boa chance de você chegar aos parques Universal feliz da vida dirigindo seu carro alugado. O sistema é bem simples: paga-se 20 dólares na entrada do estacionamento e este valor vale para o dia inteiro.

Saindo do estacionamento você cairá diretamente no City Walk, espaço de entretenimento e restaurantes já mencionado. À direita estará o destino: o parque da Universal Studios \o/ Antes da entrada do parque você passará pelo famoso globo que é símbolo da marca Universal. Fotos tiradas, siga para a entrada.

No post Viagem a Orlando: Comece Por Aqui, eu explico os tipos de ingresso, e você pode ler sobre o tópico lá em mais detalhes. Basicamente, no Brasil você vai comprar os ingressos e imprimir para passar no leitor eletrônico deles. O importante para a Universal é comprar o ingresso com a opção park to park, pois este permite pegar o trem do Harry Potter que liga os dois parques da Universal: Universal Studios e Island of Adventures.

Imperdível!

Plataforma 9 3/4

Comprei o ingresso park to park para dois dias, então logo depois de passar a entrada, guardei bem o ingresso para usá-lo no dia seguinte. Faça o mesmo. Feito isso, é hora da diversão!

 

5 Atrações Imperdíveis

Não é tarefa fácil selecionar cinco atrações imperdíveis no parque Universal Studios, mas vamos lá. Grande parte do apelo dos parques Universal, de forma geral, reside nos simuladores. Indo primeiro aos parques Disney você verá simuladores muito bacanas, mas ao entrar nos parques da Universal você perceberá que os simuladores aqui atingem outro nível. São fantásticos, para dizer o mínimo.

Vamos ao TOP 5, nos quais você precisa ir a qualquer custo:

 

1. Área Harry Potter

O dragão em cima do Banco Gringotes, no fim do Beco Diagonal

O dragão em cima do Banco Gringotes, no fim do Beco Diagonal

Já vou começar roubando e colocando toda a área Harry Potter como uma atração só, o que é uma mentira deslavada que só eu com minha cara de pau poderia escrever. Na verdade, a área do Harry Potter no Universal Studios compreende:

 

  • Beco Diagonal (Diagon Alley): quem é fã da série já vai vislumbrar sem que eu precise descrever. Na história de Harry Potter, o Beco Diagonal representa uma área comercial dos bruxos com lojinhas, restaurantes, banco e afins, uma porta de entrada para o mundo bruxo escondida em plena cidade de Londres. No parque isto é fielmente representado, tanto que o Beco Diagonal é acessado por uma entradinha bem discreta e fica isolado do resto do parque, tal qual o Beco Diagonal fica isolado do resto de Londres. Você se sente transportado para a história, é incrível. Entre em todas as lojinhas e restaurantes, principalmente se você for fã da série.

 

  • Harry Potter and The Scape From Gringotts: possivelmente você enfrentará aqui uma fila enorme e não por acaso. O brinquedo é uma montanha russa com óculos 3D, ou seja, mistura também efeitos de simulador. Antes de chegar ao brinquedo propriamente dito, você passará pela sala com os duendes, funcionários do Banco Gringotes, trabalhando. Para quem não conhece a história, já é bacana; para quem é fã (\o/), a atração toda é sem palavras. Não deixe de ir!

 

  • Hogwarts Express: muitíssimo bem bolado. Na história, é o trem que leva os estudantes da estação King’s Cross, em Londres, para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Aqui, além disso, há uma função prática: ligar os dois parques, Universal Studios e Island of Adventures. O parque Universal Studios abriga a área correspondente a Londres e Beco Diagonal na história; no outro parque, estão Hogwarts e a vila de Hogsmeade. É tão bem feito que dá vontade de chorar de alegria. 😛

 

2. Revenge of The Mummy

Uma das montanhas russas mais legais! Pra quem tem medo desse tipo de brinquedo, ela não possui loopings, então pode ser uma boa para testar o medo. A ambientação é fantástica, ela vai toda por um cenário fechado muito bem feito e com efeitos bem bacanas.

 

3. The Simpsons Ride

Duff, Duff, Duff

Duff, Duff, Duff

Simulador ligado aos personagens de uma das minhas séries favoritas. É bem legal e, embora o seu carrinho não saia fisicamente do lugar, você se sentirá numa montanha russa durante a corrida.

 

4. Transformers The Ride 3D

Um dos simuladores mais legais do parque em meio a tanto simulador legal! Não dá muito para explicar, você precisa ir, simplesmente! Apesar de “the ride” no nome, não é um simulador com pegada de montanha russa, ok?

 

5. Despicable Me Minion Mayhem

Meu Malvado Favorito

Este já é um simulador com aquela pegada mais fofinha, imperdível para os fãs dos Minions (e quem não é?). Antes de entrar no brinquedo propriamente dito você passa por uma sala com uma ambientação bacana e engraçadinha ligada ao filme.

 

Observações

Bem, esta lista está sujeita a duras críticas, e não sem razão. O parque tem muita coisa legal! Talvez um dos que salte aos olhos por não figurar acima seja aquela montanha russa que desponta no desenho do parque: a Hollywood Rip Ride Rockit. Bem, esta não está ali de propósito, por questão de gostos pessoais.

A silhueta maligna da Hollywood Rip Ride Rockit

A silhueta maligna da Hollywood Rip Ride Rockit

É uma montanha russa que sobe a 90º (!!!) e esta é uma das partes mais legais do brinquedo. A subida é lenta e a sensação é muito legal. Mais, você pode escolher a música que você vai ouvir durante a sua corrida. Fantástico!

No mais, eu não gostei muito do brinquedo e não consegui aproveitar tão bem.

O cinto prende de um jeito que você sacode com muita violência durante a corrida. Minha irmã teve a mesma sensação. Então o que eu digo é: quanto à atração teoricamente indispensável do parque, se for a sua vontade, vá! Pode ser que você ache tudo o que eu estou falando aqui exagero. Particularmente, não achei um brinquedo confortável. Poderia até ir de novo com amigos, mas não é um dos meus favoritos do parque.

Quanto aos simuladores, se você for como eu, pode ser que você estranhe um pouco no começo. Eu ficava meio enjoado ou meio tonto. Se você sentir algo assim no brinquedo, simples: é só fechar os olhos que passa, já que boa parte dos estímulos são visuais. Você vai notar que esta sensação é só no começo, quando você for em outro simulador seus olhos e seu cérebro já estarão acostumados com a brincadeira! Para este efeito, deixe o simulador dos Simpsons para quando você estiver já mais acostumado. O simulador dos Minions é bem tranquilinho pra começar.

 

Comes e Bebes

Na vitrine, os pratos fake te dão a ideia do que vem em cada prato e em qual quantidade

Na vitrine, os pratos fake te dão a ideia do que vem em cada prato e em qual quantidade

Para um almoço esperto, recomendo um restaurante clássico do mundo bruxo: o Caldeirão Furado (Leaky Cauldron), no Beco Diagonal. O bacana é que na fila você verá os pratos do restaurante expostos numa vitrine, o que já dá uma ideia da cara e do tamanho do dito cujo. Para beber, se quiser entrar no clima, vale pedir uma Cerveja Amanteigada. Só tenha em mente que o drink não é alcoolico e é bem doce.

Seguindo a linha do mundo Harry Potter, você pode tomar um sorvete na Florean Fortescue’s Ice-Cream Parlour, sorveteria tradicional na série e que casa muito bem com o sol muitas vezes escaldante da Flórida.

Um donuts gigante, uma cerveja no Bar do Moe, você escolhe!

Um donuts gigante, uma cerveja no Bar do Moe, você escolhe!

Se você não estiver em uma pegada Harry Potter, perto da área dos Simpsons há algumas opções de comes variados espalhados entre quiosques e uma praça de alimentação. Há até o Bar do Moe, para quem quiser tomar uma cerveja lá!


Assim, fica um pouquinho do muito que há a se curtir no parque Universal Studios! Vale citar que há vários pontos legais para fotos no parque. Fãs de Harry Potter encontrarão, além dos pontos que eu mencionei, o Noitibus Andante, a frente da casa do Sirius em Grimauld Place e muito mais. Explore tudo! A área dos Simpsons também possui locais bacanas para fotos e você esbarrará em personagens ao longo do parque.

Por fim, vá em tantos simuladores quanto possível. Passei um dia inteiro no parque e não consegui ir em tudo. Na verdade, ficaram faltando vários, o que só me dá motivo para voltar!

Espero que você aproveite o parque! 😉

Sou servidor público, paulistano e fã de Beatles. Viajar me dá motivos para escrever e escrever me dá desculpas para viajar. Tenho um calendário em casa e um na mesa do trabalho, no qual planejo feriados, férias e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *