Para comer em Trastevere – Ombre Rosse

Esta passagem por Roma era deveras rápida: entre o chegar em Fiumicino e o pegar outro voo para o Aeroporto Heathrow de Londres eu tinha talvez umas sete horas líquidas na Cidade Eterna, as quais renderam muito. Como eu já conhecia a cidade, ficou relativamente tranquilo me guiar sem mapas. Entre uma breve olhada em antigos conhecidos, como a Fontana di Trevi e o Panteão, consegui ver um pedacinho novo e clássico de Roma que eu não tinha visto na primeira vez: o bairro de Trastevere. E em Trastevere, achei um lugar para almoçar que vale comentar: o Ombre Rosse.

ombre rosse

O Ombre Rosse se intitula como vinheria e bistrô e, num primeiro momento, pode parecer um algo francês ali no meio do Trastevere. Com mesas internas e externas, entretanto, o bistrô na verdade é um restaurante de certa forma eclético: serve hambúrgueres, saladas e massas, como um bom restaurante italiano.

O meu pedido lá foi a tábua de Bruschettas Mistas (7,50 euros), uma taça de vinho Brunello (9 euros) e um Spaghetti alla Carbonara (9 euros). Vamos à análise:

A tábua de bruschettas é simplesmente perfeita. Não foi somente o fato de eu estar morto de fome, mas o negócio era realmente muito bom! A apresentação também é bem bonita, então já começamos comendo com os olhos. Nota 10.

bruschettas ombre rosse

A variedade de vinhos faz juz ao “Vineria” no nome e ajuda bastante pra harmonizar com os pratos sem ter que gastar horrores, já que há opções de vinho em taça. Ponto fraco é que, mesmo sem gastar horrores, as taças de vinhos custam a partir de 5 euros, o que já é um patamar de partida salgado… Uma opção mais simples e baratinha de vinho seria bem-vinda. Se há no cardápio, passou-me batido. Além dos vinhos, o Ombre Rosse serve coquetéis diversos: Caipirinha, Blood Mary, Margarita, Mojito, entre outros. E, é claro, Spritz, que custa 6,50 euros.

bebidas ombre rosse

Quanto ao carbonara, este me decepcionou um pouco. Não é que estivesse ruim, mas estava al dente, o que não é bem o meu gosto. O sabor também era mediano e aqui me arrisco a dizer que ou o cozinheiro errou um pouco ou o carbonara não é o forte da casa.

carbonara ombre rosse

O ambiente é ótimo. As paredes são cobertas de colagens e cartazes e o bistrô está mais para o estilo “descolado” do que para o “clássico”.

ambiente ombre rosse

Rola música ao vivo à noite, vale se informar. O atendimento é muito bom, bem simpático. Os pratos vêm numa velocidade bem ok, não é muito rápido, mas também não demora muito.

Assim, passeando pelo Trastevere, fica uma opção legal de restaurante para comer sem passar perrengue e sem cair em pega turista. Vai na bruschetta sem medo, se estiver na vibe pegue uma taça de vinho pra harmonizar e, se provar alguma outra coisa, depois me conta se vale a pena!


Todos os caminhos levam a:

Ombre Rosse Vineria – Bistrô

Onde: Piazza Sant’ Egidio, 12

Quando: segundo o site, todos os dias, das 10 às duas da madrugada

Site: http://ombrerosseintrastevere.it/

 

Sou servidor público, paulistano e fã de Beatles. Viajar me dá motivos para escrever e escrever me dá desculpas para viajar. Tenho um calendário em casa e um na mesa do trabalho, no qual planejo feriados, férias e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *