Passeio pela Cinta Costera de Cidade do Panamá

 

Acordei cedo e segui com o projeto de caminhar e correr pela Cinta Costera de Cidade do Panamá. A orla chamada Cinta Costera é uma obra inspirada no Aterro do Flamengo (RJ) e sua execução foi feita pela empresa brasileira Odebrecht. Como esta não é uma pagina de política ou de polícia, fiquemos apenas nos detalhes da engenharia envolvida neste grande projeto de expansão da baía do Panamá.

A Cinta Costera, que está voltada para o Oceano Pacífico, abrange um percurso que vai de Punta Paitilha até o Estádio de Futebol Maracaná (não, não estamos falando do Rio, rs), e que tem aproximadamente 8 Km, abrangendo a enorme alça que circunda Casco Viejo. É uma belíssima obra de engenharia, que liga importantes pontos da cidade, e que trouxe para os panamenhos uma enorme área de lazer. Mas, em minha caminhada do dia, fiz o percurso que vai de Punta Paitilha até o Mercado de Mariscos, num total de 4 Km. Claro, foram 4 para ir e mais 4 para voltar, antes do café da manhã, rs.

Cinta Costera

Fonte: Google earth

A primeira impressão é a que fica e, sendo assim, Cinta Costera é uma belíssima orla, margeada por enormes e modernos edifícios, com jardins, ciclovias, áreas para a prática de esportes (futebol, skate, tênis etc.), e uma mistura interessante de moradores locais e estrangeiros de passagem pela ‘cidade que não pára de crescer’. Antes de tudo, observei que é um lugar seguro, perfeito para ter um landscape da cidade, e cheio de vida no começo e no fim do dia (ao meio-dia, com o calor e o sol, procure regiões mais frescas como um café climatizado em Casco Viejo ou compras no Albrook Mall).

Cinta Costera

Boa infra-estrutura, segurança e limpeza. A Cinta Costera é um bom cartão postal do que o Panamá espera do futuro.

Após pesquisar um pouco mais sobre a Cidade do Panamá, e por conta de um perrengue que contarei em outro post, acabei trocando de hotel para um que ficava próximo da orla de Cinta Costera. Bom, foi a decisão mais acertada, porque assim ficamos a pouco mais de 50 m do ponto de parada do ônibus turístico hop on hop off que usamos para nos deslocar pela cidade (para saber mais sobre o ônibus turístico, clique AQUI) e, ao mesmo tempo, facilitou bastante em criar coragem para a caminhada matutina. Nada como estar perto de onde se quer chegar.

O que ver ao longo da Cinta Costera:

  • Clube de iatismo;
  • Monumento a Vasco Nunez de Balboa (navegador que se tornou célebre por ser o primeiro europeu a avistar o Oceano Pacífico) ;
  • Mirador do Pacífico (hora de simplesmente sentir a brisa do pacífico soprando nos ouvidos);
  • Parque monumento com o letreiro P A N A M Á (para tirar aquela foto de turistas)
  • Mercado de Mariscos (se te ‘gusta’, aproveite para comer um ceviche) para saber mais, clique AQUI;
  • Monumento à bandeira do Panamá;

 

Cinta Costera

Atividades ao ar livre. Não, não dá pra ficar parado.

A Cinta Costera foi o local escolhido pelo Vaticano para ser o ponto central dos acontecimentos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que ocorrerá em 2019 na Cidade do Panamá. A amplitude do lugar, aliada a uma boa infra-estrutura, sugerem que ali se torne o ponto mais democrático da cidade, aquele lugar para o qual as pessoas afluem a fim de celebrar as alegrias da vida (o carnaval é um bom exemplo) ou para protestar (não , não vou falar de política. Sim, o Panamá segue como uma das economias mais prósperas das Américas).

Cinta Costera

Já rotulado como Dubai das Américas, a verdade é que foi uma grande surpresa descobrir tantas coisas bacanas na Cidade do Panamá.

Todos os caminhos levam a:

Cinta Costera de Cidade do Panamá

Onde: Ao longo da baía do Panamá.

Quando: Procure concentrar seu passeio no começo e no fim do dia, quando a temperatura está mais amena.

Quanto: totalmente free. Gaste apenas as solas do sapato.

 

 

Um mineiro que gosta de histórias, e acha que escrever e ler é o melhor passatempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *