A Cordilheira dos Andes e sua magia: diferentes perspectivas

Em minha viagem para Mendoza, conhecer vinícolas e diferentes vinhos eram o meu objetivo, mas foi ver a Cordilheira dos Andes que causou a mais profunda impressão em mim. Era simplesmente fabuloso ver aquela cadeia de montanhas formando um verdadeiro ‘paredão’.

Por isso, este post é dedicado a esta formação geológica que deu origem à maior cadeia de montanhas do mundo! Se tiver oportunidade, em algum momento de sua vida, vá ver os Andes e tenha esta experiência de vida.

A Cordilheira dos Andes se estende da Venezuela à Patagônia, cortando toda a América do Sul, tornando-se um fator de identidade para aquilo que podemos chamar de América Andina. São aproximadamente 8 mil quilômetros de extensão, tendo o Monte Aconcágua como ponto mais alto (6.692 m de altitude).

Os Andes são interessantes porque, a partir dele, vários cenários diferentes surgem e o potencial turístico é enorme, pois temos: montanhas com picos nevados, desertos, vulcões, gêiseres, solares, cidades erigidas no altiplano, como acontece em Lima (Peru) e La Paz (Bolívia), de forma que toda uma cultura, com características próprias, ganham vida.

Os Andes a partir de Santiago do Chile

Para algo tão grandioso como a Cordilheira dos Andes, conhecer suas diversas facetas e cenários é algo que se faz por partes. Você pode chegar até a Cordilheira e vê-la à distância ao visitar a cidade de Santiago do Chile, e ficará impressionado, pois ela está onipresente para um lado da cidade que você olha. Foi a primeira vez que a vi, em 2016, e foram várias as vezes em que fiquei a admirar aquela extensão sem fim de montanhas justapostas.

A Cordilheira dos Andes vista do Cerro San Cristóbal, em Santiago do Chile
A Cordilheira dos Andes a partir de Cerro Santa Lucia, em Santiago do Chile.

Sobre os Cerros de Santiago do Chile, a partir dos quais se pode ver a Cordilheira dos Andes por uma perspectiva diferente, temos um post bem legal do Alex:

Os Andes a partir de Mendoza

Em Mendoza, na Argentina, visitar as vinícolas e ter a Cordilheira ao fundo produz uma das paisagens mais bonitas que já vi. É um luxo, em plena região semidesértica, ter vinícolas tão bem estruturadas e, claro, produzindo vinhos tão bons.

A Cordilheira dos Andes, vista na vinícola Andeluna, em Mendoza, na Argentina

Para quem vai para Mendoza, na Argentina, um dos passeios mais legais é visitar o Parque do Aconcágua, localizado dentro da Cordilheira dos Andes, e que possui o ponto mais alto da Cadeia montanhosa. Temos um relato de nossa viagem de carro, num bate-volta, saindo Tupungato (Região de Mendoza) e indo até a entrada do Parque do Aconcágua. Para saber como foi clique no link abaixo:

Veja abaixo algumas das paisagens incríveis que encontramos pelo caminho:

Percorrendo a Ruta 7, que liga Mendoza (Argentina) a Santiago do Chile, atravessando literalmente a Cordilheira dos Andes. A viagem pode ser feita de carro ou de ônibus.
De dentro dos Andes, e as montanhas de neves eternas

Um mineiro que gosta de histórias, e acha que escrever e ler é o melhor passatempo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *