Roteiro de um dia em São Roque, São Paulo

São Roque é um passeio curtinho e famoso a partir de São Paulo. Não é pra menos: a cidade fica a pouco mais de 50 km da Capital e guarda várias boas surpresas ao visitante: vinhos, parques, mirantes e o ar do interior fazem parte dos atrativos.

Rancho 53, restauratne português no caminho para São Roque
Rancho 53, restaurante português no caminho para São Roque

Fizemos um passeio guiado por São Roque com o ótimo O Melhor de Sampa, do qual eu já falei aqui no blog. Este post se dedica tanto a quem tem interesse em fazer o passeio com o Olavo (leia aqui), pois os pontos aqui listados estão no roteiro dele, como para quem quer passear em São Roque por conta e não tem muita ideia do que a cidade oferece. Antes do passeio eu não tinha noção de como a influência portuguesa é forte na cidade, o que eu achei bem interessante.

Destaco ainda que as atrações aqui descritas não cobrem de forma alguma o passeio inteiro, que eu super recomendo que você faça! Segundo e não menos importante, este não é um post patrocinado. Aqui vão só alguns pontos do dia agradável que eu passei na visita à cidade, os mais legais na opinião do blog!

Como chegar

Chega-se a São Roque pela Rodovia Castelo Branco, saída no km 54, de carro. Ônibus fazem o trajeto do Terminal Rodoviário Barra Funda (R$ 19,60 o trecho, 1h 30’ de viagem). Entretanto, os pontos aqui apresentados são melhor feitos com carro ou, idealmente, no passeio do O Melhor de Sampa, que é feito de van.

Café da manhã: Rancho 53

Rancho 53
Rancho 53

Indo de carro, a parada no Rancho 53 é o local perfeito pra tomar um café da manhã ou um lanche antes de seguir efetivamente para São Roque. O restaurante português fica no km 53 da Rodovia Castelo Branco. É um trecho pelo qual eu passo várias vezes por ano, mas nunca tinha parado no local pra comer. E vale a pena demais!

Primeiro, os pontos bacanas: o ambiente é lindo! Simpático por fora e super estiloso por dentro, com panelas penduradas, diversos produtos para comprar, entre vinhos, queijos e quinquilharias, e um restaurante lindo com azulejos portugueses na parede. É uma casa bem portuguesa! As comidinhas são muito bem feitas e gostosas.

Pão portugês com manteiga na chapa, pastel de nata e expresso
Pão portugês com manteiga na chapa, pastel de nata e expresso

Nem tudo são flores, entretanto. No geral, o lugar é caro, mas dá pra aproveitar legal sem tomar uma facada. Recomendo fortemente o delicioso pastel de nata (R$ 9,50) deles e um pão português na chapa (R$ 8,90), super simples, mas super gostoso! O pastel de nata é pequeno, o pão na chapa já vem num tamanho mais bacana e tem bom custo benefício. Um expresso custa 5,90 reais. Não há taxa de serviço.

Centro Cultural Brasital

Centro Cultural Brasital
Centro Cultural Brasital

A Brasital foi uma indústria têxtil construída em 1890. Encerrou suas atividades em 1970, permanecendo fechada por 17 anos, quando passou a funcionar como centro cultural.

O passeio ao lugar vale a pena, pois o complexo é muito bonito: além do prédio principal com a imponente chaminé e os galpões onde acontecem atividades culturais, os jardins e trilhas fazem do local um agradável parque, que lembra um pouco o parque da Água Branca, na zona oeste de São Paulo. Fica na Avenida Araçaí, 250.

Estação Ferroviária de São Roque

Estação Ferroviária de São Roque
Estação Ferroviária de São Roque


A estação abandonada de São Roque dispõe de uma locomotiva antiga que rende belas fotos. O prédio da estação também tem um estilo antigo e bem bonito, mas poderia ser um ponto ainda mais interessante: a estrutura poderia suportar um museu, por exemplo. Mas ainda assim vale pela história e pelo cenário, que compõe fotos bacanas. Fica na Rua Engenheiro Gáspar Ricardo.


Morro do Cruzeiro

Morro do Cruzeiro, com a vista de São Roque
Morro do Cruzeiro, com a vista de São Roque

Vale a pena pela vista! Você vai ter uma visão de 360 graus da cidade de um ponto alto. É uma pena o local não ser tão bem cuidado, entretanto: quando da visita tinha um pouco de lixo espalhado por ali, mas nada que estragasse a visita.

Almoço: restaurante Itacolomy

Comida simples, caseira e gostosa, em esquema self service a preço fixo, que inclui sobremesas e refrigerante. Tem uma área externa gramada bacana pra dar uma relaxada. O clima do lugar é desacelerado, ótimo pra almoço, perto das vinícolas das quais falaremos logo abaixo. Fica na Rua Benedito S. Camargo, 140. Horários de funcionamento aqui.

Vinícola Góes

Vinícola Góes São Roque
Vinícola Góes

Uma parte forte do apelo de São Roque está na Estrada do Vinho, avenida que reúne as principais produtoras de vinho da cidade. Provavelmente a vinícola mais famosa de São Roque é a Góes. Possui um bonito entorno, com fonte, música ao vivo no fim de semana e banquinhos espalhados pelo jardim gramado. A estrutura de visitação é bem profissional: há degustações pagas, mais elaboradas e com os melhores vinhos, e degustações gratuitas, mais simples e super válidas. Numa loja externa ao prédio principal, dentro dos próprios jardins da Góes, há degustação de licores, também gratuita! Fica no Km 9 da Estrada do Vinho.


Vinícola Canguera

Vinícola Canguera
Vinícola Canguera

Com uma cara mais simples e rústica do que a Goes, a Canguera  tem um restaurante e possui degustação gratuita dos vinhos à venda. O espaço é bem bonito, com jardim e redes de balançar. Km 8 da Estrada do Vinho.


Quinta do Olivardo

A Quinta do Olivardo é um grande complexo gastronômico e de lazer, com restaurante de comida portuguesa, adega, barracas diversas com doces, salgados, pastéis de nata e afins, lago, jardins, trilhas e outras coisas mais. Fica no Km 4 da Estrada do Vinho.

Extra: Ski Mountain Park

O Ski Mountain Park não está no passeio do O Melhor de Sampa por um motivo bem razoável: o parque em si é um passeio para um dia inteiro. Para fazer o Ski Mountain Park de forma bacana, um fim de semana na cidade é o mais recomendado. Tenho planos de voltar a cidade para pernoite e, neste caso, atualizarei o post com esta que é uma das principais atrações da cidade. Se for passar o fim de semana na cidade e quiser incluir o parque no seu roteiro, dá um pulinho no site http://www.skipark.com.br/ para mais informações.





Sou servidor público, paulistano e fã de Beatles. Viajar me dá motivos para escrever e escrever me dá desculpas para viajar. Tenho um calendário em casa e um na mesa do trabalho, no qual planejo feriados, férias e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *